You are currently viewing Brasil é Representado Pela AAAPV em Conferência Bienal

Brasil é Representado Pela AAAPV em Conferência Bienal

  • Post category:Uncategorized

O Brasil é representado pela AAAPV (Agência de Autorregulamentação de Proteção Veicular e Patrimonial) em Conferência Bienal sobre associativismo em Londres.

Raucl Canal, presidente da AAAPV e o procurador-geral Renato Assis, participam desde o dia 17 de outubro da ICMF (Biennal Conference of the International Federation of Mutual and Cooperative Insurance), onde representam o Brasil em um evento que conta com a participação de 353 delegados de 40 países. Está presente neste evento também, um comitê parlamentar, com membros da Comissão Especial que analisa o Projeto de Lei (PL) nº 3139/2015.

Com duração de 4 dias, o evento iniciou dia 17 e finaliza dia 20 de outubro. Este importante acontecimento contou com a abertura do presidente mundial da ICMIF, Hilde Vernallen, e do CEO, Shaun Tarbuck. Ao longo do evento tiveram diversas exposições, com destaque para a exposição proferida por Andrew Grill. Ele tratou da disrupção dos mercados, onde:

  • as novidades,
  • as técnicas,
  • os conceitos

e os paradigmas são transformados na velocidade catártica.

Os Gerentes Regionais

  • Chris Black (Nova Zelândia);
  • Georgina Diaz Sanches (América Latina);
  • Grzegorz Buckowski (Polônia);
  • Brad Gewit (América do Norte);
  • Tom Gitogo (África).

Promoveram um grande debate sobre as realidades locais do mutualismo.

AAAPV Como Porta-Voz da ICMF no Brasil

No Brasil, o único membro do ICMIF é a Unimed Seguros. Ela não é mútua e nem cooperativa, mas sim uma Sociedade Anônima Seguradora (tal quais todas as demais seguradoras no Brasil, cujo controlador é a Unimed Participações, que tem como acionistas diversas Unimed’s singulares).

Sendo assim, o presidente da AAAPV e o procurador-geral já iniciaram uma interlocução com a gerente-geral da América do Sul, Georgina Diáz Sánches, e com o gerente-geral das Américas, Ed Potter, com o propósito de estabelecer a AAAPV como porta-voz da ICMIF no Brasil.

Desafios com Órgãos Reguladores

Os desafios envolvendo órgãos reguladores é um problema mundial. Embora sejam de países com culturas e economias totalmente diferentes, os representantes alegaram que hoje, órgãos como a Susep (Superintendência de Seguros Privados) são os que mais atrapalham o desenvolvimento do mercado.

Bases Otimistas

Dados positivos apresentados no evento comprovam que a proteção mútua. Em 2016, movimentou U$ 1,3 trilhões em prêmios e U$ 8,3 trilhões em coberturas seguradas. E que o vínculo empregatício nesta área, atualmente, é de 1,1 milhão de pessoas, e que 990 milhões de pessoas são protegidas em todo o mundo.

Mediante uma base com números positivos, há certo espanto de representantes estrangeiros com relação à falta de regulamentação da atividade de proteção veicular no Brasil.

As cooperativas e mútuas representam 26,8% de todo o mercado global de seguros, conforme seguinte representação:

  • 3 mil estão na Europa;
  • 1.850 na América do Norte;
  • 150 na Ásia e na Oceania;
  • 100 na América Latina e 50 na África.

Com as associações de proteção mútua, são gerados 460 mil postos de trabalho na Europa, 390 mil na América do Norte, 222 mil na Ásia, 44 mil na América Latina e 12 mil na África.

Post by Author – Marketing Digital